SERTÃOZINHO: Família de jovem encontrada morta acusa namorado do crime

Família de jovem encontrada morta acusa namorado do crime - Vanessa Nobre Martins foi encontrada morta há cinco dias em Sertãozinho

    • Jornal A Cidade
    • /
    • ViaEPTV
A família da jovem Vanessa Nobre Martins, de 19 anos, encontrada morta há cinco dias, em Sertãozinho, acusou nesta sexta-feira (4) o namorado dela, Junio Georgetti, de ter sido o autor do crime.
Depois de dez dias desaparecida, o corpo da jovem foi encontrado no início desta semana, em um córrego nas imediações do conjunto Cohab III.
Os familiares de Vanessa acusam Junio de tê-la matado, por causa do ciúmes e do seu temperamento agressivo.
“Ele era ciumento e agressivo. Teve um dia em que ele entrou em casa e quebrou o tanquinho”, afirmou o pai da jovem Carlos Roberto Martins, em entrevista realizada nesta sexta, pela EPTV.
Os tios Márcio e Regina Borati também apontam para Junio como o autor do homicídio e desconfiam até do desmaio que ele teve no dia em que o corpo foi encontrado.
“A mim ele não engana”, disse Márcio. “Para mim aquele desmaio foi falso. No dia, ele não olhava na cara de ninguém”, completou a tia Regina, na mesma entrevista.
Investigações
De acordo com o delegado Targino Osório, responsável pelas investigações, a solução do homicídio de Vanessa passa pela resposta a seis questões, que ainda estão em aberto: por que a jovem saiu sozinha à noite, por que o namorado não foi junto com ela, onde está o celular dela, porque Vanessa não levou a bolsa e, finalmente, por que ela não chegou à boate onde tinha dito que iria. “Ele foi a última pessoa que teve contato com ela”, disse à EPTV. Ele também disse que as investigações não permitem a divulgação de mais detalhes.