MPT deve ouvir boliviano dono de confecção interditada

Sete bolivianos foram flagrados trabalhando sem registro profissional e em condições precárias


/

Baixe o Adobe Flash PlayerBaixe o Adobe Flash Player

O Ministério Público do Trabalho (MPT) deve ouvir, às 14h desta quinta-feira (13), o boliviano proprietário da oficina de confecção de roupas interditada na terça-feira (11) no bairro São Jorge em Nova Odessa. O MPT flagrou sete bolivianos trabalhando sem registro profissional e em condições precárias. Além dos homens, três crianças foram encontradas vivendo no local.

Na oficina foram constatadas falta de higiene e nenhuma ventilação, além  do risco de incêndio por conta de ligações elétricas improvisadas. Os promotores descobriram também que alguns dos homens não têm visto para permanecer no Brasil.

Na audiência desta quinta (13) o MPT quer descobrir quem contratou a oficina e os bolivianos.


0 COMENTÁRIO(S)

Saiba mais