São Paulo: Aluno da USP é encontrado morto em frente ao prédio da administração

Aluno da USP é encontrado morto em frente ao prédio da administração - Homem, de 42 anos, estava matriculado na Faculdade de Filosofia e Letras

    • Globo.com/G1
    • /
    • Anaisa Catucci

Um estudante, de 42 anos, do curso de graduação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP) foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (2) em frente ao prédio da administração da universidade. Segundo a assessoria de imprensa da USP, o corpo foi encontrado pela Guarda Universitária, por volta das 10h, na Praça do Relógio Solar, próxima ao prédio da administração central. A Polícia Militar foi acionada em seguida pela guarda do campus. Ele era morador do Crusp, conjunto habitacional da universidade.

A USP, por meio da Coordenadoria de Assistência Social (Coseas), informou que tomou “as medidas cabíveis de ordem legal, administrativa e familiar, providenciando a tramitação da documentação necessária e o traslado do corpo, a pedido da família, à cidade de Juazeiro, na Bahia”.

De acordo com o delegado Leonardo Manoel de França, do 93º DP, no Jaguaré, na Zona Oeste de São Paulo, o estudante não exibia marcas de agressão e tinha histórico de depressão. Foram pedidos os exames necroscópico e toxicológico, mas os laudos só devem ficar prontos em um mês. O caso foi registrado como “morte natural” no boletim de ocorrência, segundo o delegado.