Segura, peão!: Festa do Peão de Americana completa 25 anos em 2011

Festa do Peão de Americana completa 25 anos em 2011 - Evento country acontece no Parque de Eventos CCA entre sexta (17) e 26 de junho

    • ViaEPTV.com
    • /
    • Tiago Gonçalves

Em festas de peão, 8 segundos tornaram-se marca. Não só dos peões que, no lombo do touro bravo e temperamental, buscam a fivela de ouro, feito general em busca de comendas. Tal contagem de tempo também está ligada à paciência das rainhas de rodeio. Tal como os peões, os ouvidos das mulheres estão à prova. Só que no caso delas, o duelo é outro: as cantadas dos marmanjos. Aparecem do nada, como fãs no camarim de artistas. Natália Damasceno, atual rainha da Festa de Peão de Americana, lembra de uma. Em oito segundos, revela a cantada: "Você tem colher?", perguntou o rapaz em tamanho frenesi. Após a negação da rainha, o desfecho veio a galope de cafonice: "É que hoje estou dando sopa!". Barra pesada.

Analogias à parte, a 25ª edição da Festa de Peão do Rodeio de Americana começa nesta sexta-feira (17), no Parque de Eventos CCA. Como de praxe, o festival country reúne na mesma arena música sertaneja e montarias. Da primeira leva, ao todo 18 shows, destaque às duplas João Bosco & Vinicius, Jorge & Mateus, Victor & Leo; e os cantores Luan Santana e Gusttavo Lima. Isso sem mencionar o pop rock de Jota Quest e Capital Inicial. De montaria, a plateia aprecia as etapas em touro, cutiano (peão pula em cavalo), três tambores, bulldoggin (descer do cavalo e derrubar o boi) e team roping (laçar um bezerro).

Em 2011, a festa que começou religiosa (durante uma romaria à Bom Jesus de Pirapora) completa 25 anos. À frente do evento, na época, estavam representantes do Clube dos Cavaleiros de Americana (CCA) e o já falecido Zé do Prato, locutor de rodeio. A abertura do evento aconteceu no domingo passado com o Desfile de Cavaleiros, seguido por shows das duplas Marcos & Belutti e João Carreiro & Capataz. Confira galeria de fotos.

Segurança
De acordo com Beto Lahr, presidente do Clube dos Cavaleiros de Americana, a segurança da festa para 2011 foi reforçada. Além do apoio das polícias Militar, Rodoviária e Civil, e Guarda Municipal; a organização do evento contratou 400 agentes de segurança e 50 brigadistas. Quanto aos ambulatórios, "teremos dois: um na praça de alimentação e outro no lounge. Ao todo, entre 6 e 8 médicos trabalhando por dia", explica Lahr. Na última quarta (15), destaca o presidente, a área da arena passou por uma vistoria geral. "Ainda fizemos simulação para checar as saídas de emergência e avaliar ações e atendimento em situação de pânico e tumulto. Realizamos esta prática desde 2009". Em 2011, a arena terá capacidade para 12 mil pessoas.

A bela
A rainha da Festa do Peão de Americana 2011 tem nome composto: Natália Thuany (ao centro, na foto). Não é veterana de concursos de beleza. A idade entrega: 19 anos. Apesar de eleger sem pestanejar:"o loira e alta" como principais atributos, esquivava-se de competições onde a beleza reina. "Ah, não", justificava-se, sem graça. No começo do ano, venceu o concurso "Garota da Capa", proposto por uma revista, e o gosto aflorou. "Por gostar do mundo country, ser fã deste estilo, quis participar da escolha da rainha". Foi eleita. Fazendo jus a quem ocupa cargo deste porte, emenda-se entre clichês para listar as funções do título: "Transmitir simpatia, representar a festa...".

Natália é daquelas que no som do carro, sertanejo sempre tem vez (mas confidencia curtir balada eletrônica). Quando chega a temporada de rodeios (Americana, Limeira e Jaguariúna), a bota e chapéu saem do armário. Não venham dizer à rainha não se vestir assim. "Tem que entrar no clima. Gosto demais. Rodeio é isso". Em compensação, na sala de aula (Natália cursa o último ano de moda), comentar sobre a vestimenta é perigoso tanto quanto enfrenter o touro na unha. "São poucos que gostam. Mas eu gosto de ser diferente". No futuro, pensa aliar o aprendizado com o gosto. Quer trabalhar com moda country. Detalhe: também não descarta a possibilidade de trilhar pelos concursos de beleza. Miss Americana? "Quem sabe!", responde.

O peão
Mesmo sendo tão imprevisível quanto os touros, cowgirls são bem mais brandas de se lidar. Isso, claro, na opinião do peão Rubens Barbosa, o Rubinho, um dos badalados da temporada 2011 de montarias em touro. Ocupa a sexta colocação no ranking brasileiro da Professional Bull Riders (PBR). "Com certeza, mulher é mais fácil", conta o peão, de 27 anos. Quanto à modalidade "marias breteiras", o laço aperta. "Algumas querem levar para a malícia, tirar casquinha...". Antes de ficar em maus lençóis, retrata-se: "Varia da pessoa. Sou de boa. Estou casado". Está no laço há um ano, mas nunca se atreveu, antes do compromisso, a flertar uma rainha: "Ah, elas não dão bola pra peão, não!".

Touros não o intimidam mais. "Quando cai é preciso ter cuidado. Daí, dá medo!". O temido Pesadelo, da 3B, tornou-se seu amigo. Não à toa, levou Rubinho a dois títulos em 2011: Iron Cowboy, em Jaguariúna, e campeão em Adamantina. "Estamos tranquilos". Quando aperta o papo, Rubinho apresenta o pavor por dois touros: Agressivo ("boi complicado, tem uma saída ligeira", lembra), da Cia. Paulo Emílio, e Masquerano ("boi muito forte", conta), da Cia. Júnior Zamperlini. A valentia, lembra, levou o peão a ter recessos. Chegou a quebrar a perna duas vezes no mesmo ano e, pior do que isso, fraturou o rosto em 12 lugares. Quando se viu no espelho após cirurgia, pensou em silenciar os pulos. "Dois meses depois, já deu vontarde de voltar".

Rubinho se fez peão durante as manhãs. Enquanto o pai rumava ao curral, o garoto, de 7 anos, brincava com os bezerros. "Meu pai não gostava que eu montasse neles". O garoto insistia. A migração da família do campo para a cidade fez o peão se aproximar dos rodeios. Em Uberlândia, começou a montar. Isso, em 2003. Dois anos depois, largou tudo para ser profissional. Se vale a pena arriscar a pele por oito segundos, o peão sorri maroto. Após a insistência, faz conta rápida na mente e declara o quanto já faturou em 2011: R$ 140 mil. Tem tino de empreendedor. "Tenho comprado terrenos para investir o que eu ganho". O peão competirá na edição 2011 de Americana. Tem sorte na cidade: em 2010, consagrou-se campeão.          

Confira a programação de shows:
17/6 - Fernando & Sorocaba e Guilherme & Santiago
18/6 - João Bosco & Vinicius e Gusttavo Lima
19/6 - Chitãozinho & Xororó e Paula Fernandes
22/6 - Luan Santana e Michel Teló
23/6 - Exaltasamba
24/6 - Jota Quest e Capital Inicial
25/6 - Jorge & Mateus (foto) e Munhoz & Mariano
26/6 - Victor e Léo

O Parque de Eventos CCA fica na Rodovia Anhanguera - Km 121 - Americana / SP (Sentido São Paulo/Interior). Como chegar.

Convites
Os convites para os shows estão à venda a partir de R$ 15, dependendo da apresentação. Confira os pontos de venda.