EPNoticia.com

Comentário(s) - 0

Cobras encontradas em Pouso Alegre são levadas para zoológico

Polícia ainda não sabe quem abandonou os animais

03/11/2011 - 18:59

EPTV

Alterar o tamanho da letra A+A-

Baixe o Adobe Flash PlayerBaixe o Adobe Flash Player

As 22 cobras e os quatro lagartos encontrados em um bairro de Pouso Alegre foram levados nesta quinta-feira (3) para um zoológico específico para répteis, credenciado pelo Ibama, em Sapucaí Mirim, no Sul de Minas. Lá eles vão ficar em uma sala de quarentena, onde vão ficar em observação antes de serem colocados nos locais definitivos. Segundo os responsáveis pelo zoológico, os répteis que foram encontrados na quarta-feira (2) são muito procurados fora do Brasil como animais de estimação. Por enquanto a polícia não sabe quem os abandonou.

O zoológico para onde os animais foram levados é credenciado pelo Ibama desde julho deste ano. Lá estão outros 25 répteis que também vieram de outras apreensões ou de criadouros credenciados. Hoje o local não é aberto ao público e é usado apenas para projetos educacionais.

Investigação

A Polícia Civil investiga se as cobras e os lagartos encontrados em Pouso Alegre pertencem à mesma pessoa que enviou uma encomenda, na semana passada, com duas cobras, por sedex, para o município de Caçador, em Santa Catarina. A suspeita é de que esteja sendo praticado na cidade tráfico de animais silvestres.

Duas das cobras encontradas são da espécie Jararacuçu, que são silvestres, típicas da fauna brasileira e venenosas. As outras são conhecidas como Corn Snakes, ou cobras do milho, de origem na América do Norte. Todos os animais são considerados exóticos.

Os animais foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros, após receberem uma chamada de moradores. Os animais estavam dentro de uma caixa de papelão, que estava em frente ao muro de uma escola, no bairro Recanto dos Fernandes. Eles estavam dentro de embalagens plásticas.

Cobras pelo correio

Na semana passada, funcionários da agência dos Correios de Varginha desconfiaram de uma encomenda e chamaram a Polícia Militar Ambiental. Dentro de uma pequena caixa enviada por Sedex, estavam duas cobras "Urutu", que haviam sido enviadas de Pouso Alegre com destino a Caçador, em Santa Catarina. Segundo a polícia, as cobras são venenosas. Os animais foram enviados para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.
 

Interatividade

Boné Terra da Gente
Boné Terra da Gente