EPNoticia.com

Comentário(s) - 1

Polícia ainda não sabe motivo de agressão que resultou em morte

Homem invadiu a casa, matou uma mulher e feriu o pai dela com facadas no pescoço

24/08/2011 - 10:54

EPTV

Alterar o tamanho da letra A+A-

Baixe o Adobe Flash PlayerBaixe o Adobe Flash Player

Atualizada às 16h24

A polícia ainda não tem pistas do que teria motivado um homem a invadir uma casa e esfaquear uma mulher de 56 anos e o pai dela, de 83, em Pirassununga. A mulher não resistiu aos ferimentos, mas o pai está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Pirassununga.

O agressor estava hospedado há três dias em uma casa ao lado a das vítimas, no Jardim Real. Segundo a polícia, na tarde de terça-feira (23), Edson Ferreira dos Santos, de 23 anos, invadiu a residência e atingiu pai e filha com facadas no pescoço. Maria de Fátima Oliveira, de 56 anos, morreu na hora. O aposentado, Pedro de Oliveira Barros, de 83 anos, mesmo ferido, conseguiu pedir socorro.

De acordo com relatos de testemunhas, há seis meses, a família se mudou da capital e buscava tranquilidade e segurança no interior.

Santos foi detido no Terminal Rodoviário de Araras. Ele estava em um ônibus que seguia para São Paulo. Segundo a Polícia Militar, ele carregava documentos que pertenciam a parentes das vítimas.

A vizinha que estava hospedando o rapaz, que preferiu não se identificar, prestou depoimento na delegacia e, em entrevista à EPTV, disse que não conhecia o rapaz. "Ele perguntou se poderia passar três dias lá em casa e eu falei que sim. Não tinha nada conhecido. Mas eu não ia imaginar que ele ia fazer essas coisas", disse.

O acusado, que confessou o crime na delegacia sem dizer o motivo, foi levado para a cadeia de Pirassununga, mas aguarda transferência para Itirapina, onde responderá por homicídio qualificado. A pena prevista para este tipo de crime varia entre 12 a 30 anos de detenção.

Interatividade

Boné Terra da Gente
Boné Terra da Gente