Como está o tempo hoje

Temperatura

Máx 25º

Min 15º

Fechar [X]

[Comunicado]
A partir de 10/02/2012 os sites de Notícia do EPTV.COM e EPs
passam a integrar o portal de notícias G1/GLOBO.
Com isto nossos novos endereços para notícias serão:



Para acessar os demais sites de entretenimento como
o TERRA DA GENTE e CAMINHOS DA ROÇA clique no botão fechar acima e selecione o link desejado.

Comentário(s) - 0

Escolas da região de Campinas estão entre as melhores do Enem

Das dez primeiras escolas paulistas, nove são particulares

12/09/2011 - 08:08

ViaEPTV.com - Isabela Leite

Alterar o tamanho da letra A+A-

Três das dez escolas que tiveram a melhor nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Estado de São Paulo são da região de Campinas. O Imaculada Instituto Educacional, de Campinas, ficou em 4º lugar no ranking. As unidades dos colégios Visconde de Porto Seguro e Etapa, ambos em Valinhos, ficaram na 7ª e 9ª colocação, respectivamente. Todas são particulares.

Consulte aqui as notas das escolas no Enem

Enem 2010 tem somente 13 escolas públicas entre as cem melhores

Das dez primeiras escolas paulistas que tiveram o melhor desempenho no Enem, nove são particulares. A única instituição pública que faz parte da lista, ocupando a 5ª posição, é a Escola Técnica Estadual de São Paulo, que obteve nota 706,66 e participação de 84,4% dos alunos. Entre as dez primeiras colocadas, cinco são da capital paulista.

O Ministério da Educação mudou o critério de divulgação das notas por escola do Enem. Foram criadas quatro categorias de acordo com a porcentagem de participação no Enem 2010:

Grupo 1: de 75% a 100% (17,8% das escolas)
Grupo 2: de 50% a 74,9% (20,9% das escolas)
Grupo 3: de 25% a 49,9% (33% das escolas)
Grupo 4: de 2% a 24,9% (27,4% das escolas)

De acordo com a nota técnica divulgada pelo MEC, não se deve misturar as categorias para comparação de desempenho entre as escolas. Aquelas que tiveram menos de 2% de partipação não foram consideradas. Ainda segundo o MEC, a média de participação dos estudantes no Enem 2010 foi de 56,4%.

A melhor nota média do Enem 2010 no estado de São Paulo foi a do Colégio Vértice, instituição privada que obteve 743,75 pontos. Participaram da prova 84,4% dos estudantes da escola.

Confira o ranking das melhores notas obtidas pelas escolas do estado no Grupo 1 - das instituições que tiveram de 75% a 100% de alunos participantes:

 

10 ESCOLAS COM MELHOR NOTA E MAIS DE 75% DE PARTICIPAÇÃO NO ENEM 2010
Escola Rede Cidade Nota Participação
Vertice Colegio Unid II Privada São Paulo 743,75 84,4%
Objetivo Colegio Integrado Privada São Paulo 715,95 100%
Juarez S. B. Wanderley Eng Colegio Privada S. J. dos Campos 714,01 98%
Imaculada Instituto Educacional Privada Campinas 711,88 91,1%
ETE de Sao Paulo Pública São Paulo 706,66 84,4%
Colégio Albert Sabin Privada São Paulo 699,15 91,5%
Porto Seguro Visconde Colegio Unid II Privada Valinhos 697,98 81,4%
Etapa Colégio de EFM Privada São Paulo 697,75 85,6%
Etapa Colégio Privada Valinhos 695,56 93,3%
Colégio Anglo Leonardo Da Vinci Privada Carapicuíba 695,34 94,4%

Entre as dez escolas paulistas com as piores notas no Enem de 2010, apenas o Colégio Bom Samaritano, de Ipuã (SP), não faz parte da rede pública. Confira as piores notas no Enem 2010 em São Paulo no Grupo 1 - das instituições que tiveram entre 75% e 100% de alunos participantes:

10 ESCOLAS COM PIOR NOTA E MAIS DE 75% DE PARTICIPAÇÃO NO ENEM 2010
Escola Rede Cidade Nota Participação
Escola Indígena Txeru Ba E Kua I Pública Bertioga 432,00 82,4%
Bairro da Barra Pública Cunha 480,19 94,1%
Colégio Bom Samaritano Privada Ipuã 503,75 100%
Afonso Cafaro Pública Fernandópolis 507,33 83,6%
Elysio de Castro Dr Pública Taquaral 509,30 78,1%
Rubens De Oliveira Camargo Pública Rubineia 510,71 87,9%
Alberto Santos Dumont Pública Martinópolis 512,29 81,6%
ETE Prof Carmelino Correa Jr Pública Franca 512,98 83,3%
Joao Cid Godoy Prof Pública Mococa 513,59 75,7%
Maria Amelia Braz Profa Pública São Paulo 516,4 83,8%

No Grupo 2, de escolas que tiveram participação entre 50% e 74,9% dos alunos, apenas escolas privadas estiveram entre as dez melhores. Veja quais são:

 

10 ESCOLAS COM MELHOR NOTA E PARTICIPAÇÃO DE 50% a 74,9% NO ENEM 2010
Escola Rede Cidade Nota Participação
Colégio Cristão de Jundiaí - CCJ Privada Jundiaí 712,96 66,7%
Colégio Mobile Privada São Paulo 711,46 57,6%
Colégio Bandeirantes EFM Privada São Paulo 704,6 63,3%
Colégio Mater Amabilis Privada Guarulhos 703,62 73,4%
Colégio Integral Escola de Educação Básica Paineiras Privada Campinas 693,19 71,7%
Colégio Pentágono - Unidade Morumbi Privada São Paulo 691,74 55,9%
Colégio Pentágono - Unidade Caiubi Privada São Paulo 691,65 61,5%
Colégio Jardim São Paulo - Unidade Tremembé Privada São Paulo 690,68 69,7%
Colégio Palmares EFM Privada São Paulo 690,29 54,9%
Colégio Santa Maria Privada São Paulo 690,03 50,6%

 * Há mais de uma escola com esse nome e o MEC não divulga de qual cidade é a instituição.

Entre as dez escolas que obtiveram as piores notas do Enem no Grupo 2, que tiveram participação entre 50% e 74,9% dos alunos, todas elas fazem parte da rede pública. Confira quais são elas:

 

10 ESCOLAS COM PIOR NOTA E PARTICIPAÇÃO DE 50% a 74,9% NO ENEM 2010
Escola Rede Cidade Nota Participação
Prof. Caetano Carbone Pública Itararé 443,76 65%
Profa. Paulina de Morais Pública Ribeirão Branco 470,31 70,8%
Saturnino Antonio Rosa Pública Embaúba 470,46 62,5%
Prof. Dimas Mozart E Silva Pública Taquarituba 479,68 57,9%
Profa. Maria De Lourdes Barreiros Carvalho Pública Itapetininga 479,78 65,4%
Serra Azul Pública Serra Azul 480,47 65,2%
Dr. Lelio Toledo Piza e Almeida Pública Tupã 481,00 71,8%
Dr. Carlos Lima Dias Pública Mococa 481,32 58,2%
Prof. Vitorino Pereira Pública Catanduva 484,16 52%
Afonso Moreno Pública Francisco Morato 486,95 53,2%
 
Colégio do RJ tem a maior média

Os colégios particulares dominam o topo da lista do Enem. O Colégio de São Bento, do Rio, obteve a maior média, com 761,7 pontos. Em segundo lugar aparece o Instituto Dom Barreto, de Teresina (PI), seguido pelo Colégio Vértice, de São Paulo; Colégio Bernoulli e Colégio Santo Antônio, de Belo Horizonte; Colégio Cruzeiro, do Rio; e Educandário Santa Maria Goretti, também de Teresina. A melhor escola pública da lista é o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (MG), que aparece em oitavo lugar no geral.

Entre as 13 escolas públicas que aparecem na lista das cem com melhores médias no Enem, sete são ligadas a universidades públicas (Coluni - Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa-MG, Colégio de Aplicação da Uerj, Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco, Escola do Recife FCAP Universidade Estadual de Pernambuco, Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria-RS e Colégio de Aplicação da UFRJ); quatro são colégios militares (CM Belo Horizonte, CM Campo Grande, CM Juiz de Fora e CM Porto Alegre), uma é escola técnicas (ETE de São Paulo) e uma é escola federal (Colégio Pedro II, do Rio).

Escola indígena teve pior desempenho

As escolas públicas dominam a lista das escolas com pior desempenho entre as que tiveram mais de 75% de participação no Enem 2010. Das mil piores, 704 são públicas e 296 são privadas. Entre as que tiveram de 50% a 74,9% de participação, a diferença é ainda maior: 987 são públicas e 13 são particulares.

A escola com pior desempenho das que tiveram mais de 75% de participação é a Escola Estadual Indígena Txeru Ba' e Kua, no município de Bertioga (SP), com média de 430 pontos. Em seguida estão a E.E.E.F.M. José Roberto Christo, localizada em Afonso Cláudio (ES), e a Escola Municipal Francisco José dos Santos, de Santa Rosa do Piauí (PI).

13 estados não aparecem entre as cem melhores

Dos 26 estados e o Distrito Federal, 14 têm escolas representadas na lista das cem com melhor desempenho nas provas e que tiveram maior participação dos alunos no exame. Outros 13 estados ficaram de fora desta "elite". Os estados com maior número de escolas entre as cem primeiras são Rio de Janeiro (35 escolas), Minas Gerais (28) e São Paulo (15). Estes três estados concentram 78% das escolas do "top 100". Em seguida vem o Piauí (5). Também estão representados os estados de Mato Grosso do Sul (3), Pernambuco (3), Goiás (2), Maranhão (2), Rio Grande do Sul (2) , Amazonas (1), Bahia (1), Ceará (1), Distrito Federal (1) e Paraná (1).

Na lista das cem piores escolas deste grupo com mais de 75% de participação no Enem aparecem 31 colégios do Espírito Santo.

Em seguida estão as escolas do Ceará (16), Maranhão (11), Amazonas (9), Bahia (4), Minas Gerais (4), Piauí (4), Paraná (3), Rio Grande do Sul (3), Sergipe (3), Tocantins (3), São Paulo (2), Goiás (1), Mato Grosso (1), Pernambuco (1), Rio Grande do Norte (1), Roraima (1), Rondônia (1) e Santa Catarina (1).

Entenda o Enem

O Enem foi criado em 1998 pelo MEC com o objetivo de avaliar as habilidades e competências dos estudantes concluintes do ensino médio. Em 2009, o exame foi reformulado e passou a ser usado como processo seletivo para instituições de ensino superior. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país. Estudantes também podem usar o resultado do Enem para solicitar a certificação de conclusão do ensino médio.

Em 2010, 4.626.094 estudantes fizeram o Enem. O exame foi composto por redação e provas objetivas em quatro áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemáticas e suas tecnologias. A média total da escola é calculada pela média do número de participantes que fizeram as provas objetivas e pelo número de participantes que fizeram a redação.

A próxima edição do Enem será realizada nos dias 22 e 23 de outubro. Mais de 5,3 milhões de estudantes se inscreveram. Em 2012, o MEC vai realizar duas edições do exame, a primeira será nos dias 28 e 29 de abril e a segunda será no segundo semestre, provavelmente em outubro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
    Mais Notícias
    Destaque